O novo presidente da Federação de Triatlo de Portugal assume a ambição de aumentar a representação do triatlo nacional nos Jogos Olímpicos de Paris, em 2024, face aos três representantes que estiveram em Tóquio. O desejo foi manifestado durante a tomada de posse dos novos órgãos sociais da FTP.

A nova equipa federativa toma posse esta sexta-feira, dia 19 de Novembro, mas a Triatl3ta sabe que o nome do novo Diretor Técnico Nacional (DTN) já está escolhido, será José Estrangeiro.

Um vice-campeão do mundo júnior com apenas 15 anos. Um sétimo lugar na WTS de Abu Dhabi. Uma medalha de bronze no campeonato da Europa de Paratriatlo e um título de campeão do mundo júnior em triatlo cross. Caso para dizer que a época termina em grande estilo para as cores do triatlo nacional.

“Vai ser, como dizem os nossos amigos espanhóis, ‘de puta madre”. O vaticínio foi deixado pela triatleta Raquel Rocha, na conferência de imprensa de lançamento do Ironman Portugal Cascais, esta quinta-feira, no Hotel Onyria Quinta da Marinha.

Quais as vitaminas essenciais para o nosso Sistema Imunitário? Quais os alimentos que nos protegem das ameaças externas? Que fazer no dia-a-dia para estarmos mais resistentes e preparados para treinar com frio?

No dia do seu aniversário publicamos uma entrevista do conceituado treinador à Triatl3ta, aquando da sua visita a Portugal.

O número de portugueses a disputar provas da Ironman multiplicou por seis desde que Cascais recebeu a marca. Aliás, os números dizem quase tudo. Em 2015, no último ano antes do Ironman chegar a Cascais, foram contabilizadas 127 presenças de atletas portugueses em provas Ironman um pouco por todo o mundo. Passados quatro anos, esse número disparou para os 819.