No passado dia 2 de Fevereiro, Rio Maior recebeu a primeira etapa do Campeonato Nacional de Clubes de Duatlo, prova que atribuiria o título individual nos escalões Juniores e Cadetes.

O Estoril Praia Triatlo e o Alhandra Sporting Club venceram colectivamente no género masculino e feminino respetivamente, enquanto Tiago Fonseca, Outsystems Olímpico de Oeiras, e Ana Filipa Santos, Rio Maior Triatlo, venceram a prova individualmente.

Ana Filipa Santos vence Duatlo de Rio Maior
Tiago Fonseca vence Duatlo de Rio Maior

Em grande destaque estiveram os escalões mais jovens, com Alexandre Silva, cadete do Sport Lisboa e Benfica e Gabriela Ribeiro, do Alhandra Sporting Club, ao obterem a segunda posição da geral, sagrando-se campeões nacionais no seu escalão. Inês Rico, cadete, sagrou-se também ela campeã nacional do seu escalão, ao terminar na terceira posição à geral, assim como Ricardo Batista, que ainda após uma penalização, conseguiu conquistar o título de campeão nacional júnior.

Gabriela Ribeiro Campeã Nacional de Duatlo Junior
Ricardo Batista Campeão Nacional de Duatlo Junior
Inês Rico Campeã Nacional de Duatlo Cadete
Alexandre Silva Campeão Nacional de Duatlo Cadete

Sobre a prova, Bruno Pais, coordenador da equipa do Estoril Praia Triatlo disse-nos:

"Foi a primeira prova da época. Ainda existem muitas incógnitas e muito nervosismo e tudo pode acontecer. A prova ao Estoril Praia Credibom correu muito bem e começar o ano a vencer é muito importante para os atletas. Mas também tenho a noção, que só agora começou a luta."
Estoril Praia vence colectivamente Duatlo de Rio Maior

Rafael Ribeiro, do Alhandra Sporting Club também partilhava da mesma opinião e revelou-nos uma enorme satisfação com o resultado obtido.

"Em termos colectivos, todas as meninas do Alhandra estiveram à altura do primeiro lugar conquistado. Viemos para cá em força e deu para conseguirmos o que queríamos. De destacar também os pódios da Gabriela (primeira junior), Inês Rico (primeira cadete), Ana Ramos e Pauline Vie (segunda e terceira, no escalão 20-24 anos)."
Alhandra S.C. vence colectivamente Duatlo de Rio Maior

Tiago Fonseca, que venceu individualmente a prova não escondia também a sua satisfação:

"O Duatlo de Rio Maior é uma prova rápida e dura. Já vinha com a mentalidade que seria uma corrida rápida, o que foi (15'20''). Ainda fiz pênalti box por montar antes da linha do mount line e por consequência tive que fazer um esforço maior para ir apanhar o grupo da frente com o meu colega José Vieira. Assim que apanhamos o grupo tentamos entendermo-nos e não perder tempo para o grupo de trás. Com os 2,5kms para correr no fim sabia que teria que ser duro. Consegui fazer uma boa segunda transição e ganhar uma vantagem mínima que consegui manter até ao fim e ganhar!"

Já Ana Filipa Santos, aproveitando o facto de correr em casa, encarou esta prova mais como uma preparação para os seus objetivos, que são o Triatlo Longo.

"O Duatlo de Rio Maior é uma prova que gosto de fazer como preparação para a temporada de triatlo longo. Pude avaliar como estou de momento e as sensações foram boas. O resultado foi positivo e serviu de motivação extra para a próxima etapa de treino."